Estudo indica que a Nebulosa Rosetta se expandiu

Localizada a cerca de 5.000 anos-luz da Terra, essa imagem composta mostra a Nebulosa da Roseta, região de formação estelar.

Os dados do Observatório Chandra de raios-X são de cor vermelha e delineado por uma linha branca.

Os raios X revelam centenas de estrelas jovens no centro e outros aglomerados menores ao redor.

Um estudo recente do Chandra na região do lado direito da imagem, chamada NGC 2237, fornece a primeira prova de existência de estrelas de baixa massa no aglomerado.

Anteriormente, apenas 36 jovens estrelas haviam sido descobertas, mas o Chandra aumentou esta amostra de cerca de 160 estrelas.

Ao analisar estes dados, os pesquisadores concluem que o aglomerado central (NGC 2244) foi formado em primeiro lugar e após a expansão da nebulosa, houve a formação dos vizinhos, incluindo a NGC 2237.


 (Clique na imagem para ampliar)

0 comentários:

Post a Comment