Fragmentos da sonda russa Phobos-Grunt caíram nas águas do Oceano Pacífico em janeiro, 2012


  • Os fragmentos da sonda russa Phobos-Grunt - vide imagem - caíram no Oceano Pacífico no dia 15.1.12, informou a imprensa russa citando uma fonte do ministério da Defesa.

'Segundo nossos cálculos (...), a queda dos fragmentos da nave Fobos-Grunt ocorreu às 21h45 (horário de Moscou) no Oceano Pacífico', declarou o coronel Alexei Zolotujin, citado pela agência Interfax.

A queda da sonda foi precedida por uma série de informações contraditórias por parte da agência espacial russa Roscosmos, que primeiro previu o impacto no Oceano Índico, depois em Madagascar, em seguida no Atlântico, Argentina, costa chilena e enfim, no Pacífico.

A sonda espacial, de 165 milhões de dólares, foi colocada em órbita no dia 9.11.11, para explorar Phobos, uma das luas de Marte, mas fracassou em sua tentativa de superar a gravidade terrestre, e desde então sua órbita caía lentamente até que entrou na atmosfera terrestre e os fragmentos caíram nas águas do Oceano Pacífico.

0 comentários:

Post a Comment