Uma região de formação de estrelas gigantes a 10 milhões de anos-luz de distância da Terra


  • A Galáxia NGC 2403 encontra-se dentro dos limites da 'pescoçuda' constelação Camelopardalis (A Girafa). 

A cerca de 10 milhões de anos-luz de distância e com mais ou menos 50.000 anos-luz de um lado a outro, a galáxia espiral também é uma região de formação de estrelas gigantes, marcadas pelo brilho avermelhado indicador de gás hidrogênio atômico. 

Explosões de supernovas seguem de perto a formação de estrelas de grande massa e vida curta.

Em 2004, uma das supernovas mais brilhantes descobertas nos últimos tempos foi encontrada em NGC 2403. 

Fácil de se confundir com uma estrela em primeiro plano na nossa própria Galáxia Via Láctea, a poderosa supernova é vista aqui como uma 'estrela' brilhante e com pontas, do lado esquerdo da imagem. 

A composição da imagem é uma montagem de dados de imagens feitas no espaço e no chão, respectivamente do Hubble Legacy Archive e pelo Telescópio Subaru de 8,2 metros, localizado no topo do Mauna Kea, no Havaí.

Veja:


   

0 comentários:

Post a Comment