Aviso: 'Supertempestade solar' poderá gerar caos tecnológico e morte de milhões de pessoas em 2013

O Sol está em um período de atividade intensa, conhecido como 'máximo solar', que deve atingir seu auge em 2013. 

Uma gigantesca liberação de partículas geomagnéticas vindas do Sol poderia destruir mais de 300 dos 2.100 transformadores de alta voltagem que são a espinha dorsal da rede elétrica dos EUA, informou a Academia Nacional de Ciências americana. 

Cientistas estimam que, no pior cenário, milhões de pessoas poderiam acabar mortas. 

Por isso, há um ímpeto por parte de um grupo de agências federais para buscar maneiras de preparar os EUA para uma grande tempestade solar nesse ano. 

Especialistas dos EUA estimam em até 7% o risco de uma grande tempestade em 2013. 

Pode parecer pouco, mas os efeitos seriam tão amplos (semelhantes à colisão com um grande meteorito) que o fato tem atraído a atenção das autoridades. 

Apagões isolados podem causar caos, como ocorreu em julho, 2012 na Índia, quando mais de 600 milhões de pessoas ficaram sem energia durante várias horas em dois dias consecutivos. 

Já um blecaute de longa duração, como o que poderia acontecer no caso de uma enorme tempestade solar, teria efeitos mais profundos e custosos. 

As áreas mais vulneráveis ficam no terço leste dos EUA, do meio-oeste à costa atlântica, e no noroeste do país. 

Outros países também sentiriam o impacto se uma supertempestade solar atingisse seu sistema de energia, mas o dos EUA é tão amplo e interconectado que qualquer grande impacto teria resultados catastróficos no país. 


0 comentários:

Post a Comment