A maioria das galáxias vizinhas à Via Láctea possui buracos negros em seu centro

  • A maioria das galáxias vizinhas à Via Láctea possui buracos negros supermassivos em seu centro. 

A imagem mostra galáxia em espiral NGC 3627, localizada a 30 milhões de anos luz da Terra, em raio-x (tirada pelo observatório Chandra da Nasa em azul), infravermelho (do telescópio Spitzer em vermelho), e óptico (do Hubble e 'Very Large Telescope' em amarelo), uma das 37 galáxias com esta característica entre as 62 analisadas. 

A região central da galáxia possui uma fonte de raio-x que provavelmente é alimentada por material de um buraco negro supermassivo.

Veja:

 

0 comentários:

Post a Comment