Impacto do cometa Shoemaker-Levy deixou camada de água na atmosfera de Júpiter

  • A água que existe na camada superior da atmosfera de Júpiter surgiu após o impacto do cometa Shoemaker-Levy 9, ocorrido em julho de 1994, comprova o observatório espacial Herschel. 

O mistério foi resolvido depois que os cientistas descartaram que a fonte seria interna, já que não é possível para o vapor d'água passar pela 'armadilha' muita fria de ar que separa a troposfera (onde se formam as nuvens) da estratosfera. 

Quando passaram a buscar as razões do lado de fora do planeta, o observatório da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) fez um mapeamento em infravermelho da concentração de H2O e viu que havia 3 vezes mais água no hemisfério Sul (com manchas brancas e azuis claras), onde o cometa deixou mais de 21 fragmentos com o impacto, do que no polo Norte de Júpiter (manchas escuras).

Veja:

 

0 comentários:

Post a Comment