Gás e poeira se condensam dando início ao processo de criação de novas estrelas na Nebulosa da Lagoa

  • Gás e poeira se condensam dando início ao processo de criação de novas estrelas.

Isso é o que está acontecendo na região conhecida como Messier 8 ou a Nebulosa da Lagoa. 

Localizada entre 4 e 5 anos-luz de distância da Terra, na constelação de Sagitário, a nebulosa é uma gigantesca nuvem interestelar com centenas de anos-luz de comprimento. 

Ela ostenta muitas estrelas jovens e quentes, que através da radiação ultravioleta esculpem o gás e a poeira dando a eles formas diferenciadas. 

Duas dessas estrelas gigantes iluminam a parte mais brilhante da nebulosa conhecida como Nebulosa da Ampulheta, uma estrutura em forma de funil espiralada localizada próximo do centro da imagem. 

Veja:




0 comentários:

Post a Comment