Gás molecular muito quente pode estar na órbita ou caindo em direção ao buraco negro no centro da Via Láctea

  • Gás molecular muito quente pode estar na órbita ou caindo em direção ao buraco negro no centro da nossa Via Láctea, que tem 4 milhões de vezes a massa do Sol e fica na região de Sagittarius A (Sgr A*), a 26 mil anos-luz de distância do Sistema Solar. 

As observações feitas com o telescópio espacial Herschel mostram que o gás e a poeira que existem nos '15 anos-luz mais íntimos' da nossa galáxia são aquecidos a 1000ºC, uma temperatura bem acima das nuvens interestelares. 

Segundo a Agência Espacial Europeia, o calor intenso vem da forte radiação ultravioleta das estrelas massivas que orbitam o buraco negro e, também, da emissão de gás altamente magnetizado, que surge dos choques entre nuvens de gás ou vem do material das estrelas que flui em alta velocidade no local.

Veja a ilustração abaixo:

  

0 comentários:

Post a Comment