O aglomerado estelar Pismis 24 se inflama a partir do núcleo da Nebulosa NGC 6357

  • Lar de algumas das maiores estrelas, já descobertas, o aglomerado estelar aberto Pismis 24 se inflama a partir do núcleo da NGC 6357, uma nebulosa na constelação do Escorpião. 

Algumas estrelas nesse aglomerado têm uma massa 100 vezes maior que o Sol, fazendo delas verdadeiros 'monstros estelares'. 

As estranhas formas feitas pelas nuvens são resultados da grande quantidade de radiação emitida por essas estrelas massivas. 

O gás e a poeira da nebulosa escondem estrelas recém nascidas gigantes na nebulosa.

A imagem aqui reproduzida combina observações realizadas por meio de três diferentes filtros na luz visível (B, V, R) feitas com o telescópio Dinamarquês de 1.5 metros localizado no Observatório La Silla do ESO no Chile.

Veja:

 

0 comentários:

Post a Comment