O cometa Lovejoy se aproximou em 2011 da turbulenta e extremamente aquecida atmosfera do Sol

  • Um encontro de um cometa com o Sol ofereceu a cientistas a oportunidade de conhecer melhor uma região que jamais foi visitada por uma sonda espacial.

Em 2011, o cometa Lovejoy chegou a se aprofundar na turbulenta e extremamente aquecida atmosfera do Sol, uma área conhecida como corona solar.

Imagens registradas por telescópios espaciais revelaram como a cauda do cometa foi puxada pelo intenso campo magnético da corona, permitindo a cientistas, pela primeira vez, conhecer melhor a ação dessa força.

A corona é constituída de plasma com temperaturas de aproximadamente dois milhões de graus Celsius.

O cometa Lovejoy viajava a uma velocidade de 600 quilômetros por segundo.

O corpo formado por gelo e poeira surpreendeu os cientistas ao aparecer do outro lado do Sol.

Veja:




0 comentários:

Post a Comment