Cratera ao sul do equador de Marte traz novas evidências de um 'passado molhado' no planeta vermelho

  • Uma cratera ao sul do equador de Marte traz novas evidências que o planeta vermelho já teve água líquida em sua superfície, divulgou no dia 1.8.13 a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês). 

Com 34 quilômetros de diâmetro, a cratera tem vários blocos de pedra (no topo, à esquerda) que se formaram com a sedimentação de partículas dissolvidas em água depois de uma inundação, criando uma forma 'caótica', mostram fotos da sonda Mars Express, que orbita Marte desde 2003. 

Outros traços do passado molhado do planeta são vistos na forma de canais (centro) e de um curso sinuoso entre duas deformações (no topo, à direita).

Veja:

 

0 comentários:

Post a Comment