Equipe de astrônomos americanos descobriu a galáxia mais distante que se tem conhecimento

  • Uma equipe de astrônomos americanos descobriu a galáxia mais distante que se tem conhecimento, cuja luz foi emitida quando o Universo só tinha 5% de sua idade atual de 13,8 bilhões de anos.

Batizada de z8-GND-5296, ela data de quando o Universo tinha apenas 700 milhões de anos, 'o que a torna única, se comparada a outras descobertas similares, é que sua distância pôde ser confirmada por um espectrógrafo (equipamento que realiza um registro fotográfico de um espectro luminoso)', afirma o astrônomo Bahram Mobasher, da Universidade da Califórnia, um dos membros da equipe que publicou a descoberta no dia 23.10.13 na revista especializada
Nature. 

A galáxia foi detectada por meio de imagens infravermelhas feitas pelo Telescópio Espacial Hubble, e sua distância foi confirmada pelas observações realizadas com o sofisticado espectrógrafo MOSFIRE operado a partir do Observatório W. M. Keck, no Havaí.

Na imagem abaixo, praticamente todos os objetos vistos, são galáxias.

0 comentários:

Post a Comment