Nas chuvas de Saturno e Júpiter podem cair diamantes

  • Diamantes podem estar caindo do céu em Saturno e em Júpiter. 

Essa é a conclusão de dois cientistas americanos, que apresentaram sua pesquisa no encontro anual (2013) da divisão de Ciências Planetárias da Sociedade Americana de Astronomia, que aconteceu em Denver, nos Estados Unidos. 

Novos dados indicam que o carbono em sua forma cristalizada é abundante na atmosfera desses planetas, segundo Kevin Baines, da Universidade de Winsconsin-Madison e do Laboratório de Propulsão da Nasa. 

A coautora da pesquisa é Mona Delitsky, do instituto California Speciality Engineering. 

A tese de Baines e Mona afirma que poderosos raios transformam o metano em partículas de carbono. 

À medida que vai caindo, esse carbono entra em choque com a pressão atmosférica desses planetas, e se transformam primeiro em pedaços de grafite e, em seguida, em diamantes. 

Dependendo das condições, esses 'granizos' de diamante podem inclusive derreter. 

Os maiores diamantes provavelmente seriam de um centímetro de diâmetro, de acordo com Baines. 

A tese indica que 1.000 toneladas de diamantes são produzidos por ano em Saturno. 

Tudo é uma questão química. 

A descoberta dos cientistas americanos ainda precisa ser avaliada por outros acadêmicos, mas especialistas consultados disseram que a possibilidade de uma chuva de diamantes 'não pode ser desconsiderada'.


























0 comentários:

Post a Comment