Nasa registrou imagem de uma erupção solar de grandes proporções no final de setembro/2013

  • Uma imagem registrada pelo Observatório de Dinâmica Solar da agência espacial americana (Nasa) mostra uma erupção solar de grandes proporções ocorrida no fim de setembro, 2013. 

Um dos filamentos emitidos pelo astro em sua atmosfera (corona) tinha 322 mil quilômetros de comprimento. 

As erupções solares são emissões súbitas de radiação na superfície da estrela. 

Esse tipo de ejeção de massa coronal (nome técnico das explosões) disparam bilhões de toneladas de partículas no espaço, que podem viajar a grandes velocidades. 

Quando vêm em direção à Terra, as partículas são capazes de gerar tempestades geomagnéticas que, dependendo da intensidade, podem formar auroras boreais ou afetar sistemas de telecomunicações e redes de distribuição de energia elétrica. 

As partes em vermelho da imagem abaixo mostram temperaturas de quase 50 mil graus Celsius. 

Já as em amarelo chegam a 555 mil graus Celsius. 

As regiões mais escuras, por sua vez, alcançam a temperatura de quase 1 milhão de graus Celsius.

Veja:
























0 comentários:

Post a Comment