Cinzas humanas poderão ser enviadas ao espaço e 'cair na atmosfera terrestre' como estrelas cadentes a partir de 2014


  • Em vez do tradicional funeral, de enviar o corpo para um cemitério ou cremar um ente querido e guardar os restos mortais, uma companhia americana está propondo enviar cinzas humanas para o espaço (custo US$ 1,9 mil).

O peculiar 'enterro' na órbita da Terra é a proposta da
Elysium Space, que planeja lançar seu primeiro voo espacial funerário em 2014. 

A empresa garante que as cinzas permanecerão ao redor do planeta por meses antes de queimar na atmosfera 'como uma estrela cadente'. 
Um aplicativo para rastrear a trajetória desses elementos em órbita já foi lançado. 

'Essa é uma experiência única para familiares e amigos fazerem um memorial e lembrarem um ente querido', afirmou o cofundador da Elysium Space e ex-engenheiro da Nasa Thomas Civeit. 

'Acreditamos que essa é a hora de mudar a visão da morte - do submundo para o celestial', disse ele.

Acesse:



0 comentários:

Post a Comment