Descoberta de água em forma de vapor na superfície do planeta-anão Ceres contraria teorias físicas sobre o Cinturão de Asteroides

  • O planeta-anão Ceres, com órbita entre Marte e Júpiter, possui água em sua superfície, indicaram imagens do telescópio espacial Herschel, que enxerga infravermelho. 

Seria uma descoberta trivial, não fosse pelo fato de que teorias físicas proíbem objetos úmidos de se formarem ali. 

O estudo desse pequeno mundo – habitante da zona conhecida como Cinturão de Asteroides – não teria em princípio a capacidade de abalar teorias astronômicas importantes. 

A nova descoberta sobre Ceres, porém, pode levar até mesmo a uma revisão das teorias de por que a própria Terra possui água. 

As moléculas de H2O presentes no planeta-anão estão na forma de vapor, que emana de duas fontes diferentes, afirma estudo sobre a descoberta, publicado na revista 'Nature'. 

É relativamente pouca água – seis litros sendo liberados por segundo –, mas é o suficiente para estimular astrônomos a rever teorias sobre a formação dos Sistema Solar. 

0 comentários:

Post a Comment